sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Contrariedades de outras vidas...

Será possível passar pelas contrariedades de outras vidas, as quais se apresentam sentidas a quem nada mais quer do que a sua vida, sem perder o sorriso?
Será possível, ainda que não se vislumbre uma luz no horizonte, manter força interior, lutar pelo que nos pertence e ajudar aqueles que, ao nosso lado, se estão a afundar no desespero?
Emoções de quem não esquece a dor, vivida, sofrida e sentida como uma ferida, pela ousadia daqueles que pensam saber tudo e nada sabem, ousam querer tudo e o conseguem à custa da infelicidade dos outros. Será que têm esse direito?
Será mesmo necessário que a felicidade de uns se contraponha à infelicidade de outros?

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

... Silêncios de mim...

Tenho um grito preso na garganta... quero soltá-lo, mas não consigo... Apetece-me fugir para bem longe, mas não consigo correr, sequer andar...
Porque há pessoas que nos desiludem e situações que são verdadeiras desilusões...

Não posso perder o rumo, mas trago a vontade presa na alma...
Sinto que me falta o norte... sinto que me falta um ponto cardeal na bússola... Na verdade sinto que perdi todos os pontos cardeais da minha bússola...
Grito por ajuda, mas o grito é mudo e ninguém o ouve... Não sei o que vai acontecer e continuo a gritar sem que ninguém me ouça...
Bastaria alguns gestos para não serem necessárias palavras, mas as amizades também nos desiludem quando se esfumam no tempo...
E é neste estado letárgico que me encontro... Entre a desilusão e o grito que trago preso na garganta.
Mas porque é que a vida me tem pregado estas partidas e me deixou perdida neste labirinto? Agora que sou feliz?! Quase perfeitamente feliz...!
Talvez um dia descubra que existe caminho para além daquele que a vista e o coração alcançam... talvem um dia consiga viver no meio de gritos mudos...

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Infindável vida académica...


Após 3 praxes, 3 trajes académicos diferentes, um curso terminado, outro semi acabado, e outro iniciado, lá me inscrevi hoje para mais um ano de vida escolar... vejamos quantas cadeiras o tempo me deixará fazer este ano!
Tanto que eu reclamava da escola, que uma pessoa passa metade da vida lá enfiada e agora parece que nunca mais de lá quero sair!

Fim de semana...

... de muita comida, muito marisco, muito bolo, muita imperial, muito champagne e muita, literalmente, palhaçada...
Para não perder o balanço, este fim de semana estivemos presentes num casamento, num baptizado e num aniversário!
Entre casamentos, baptizados e festas de aniversário, este mês é sempre em festa! Haja mesmo carteira que aguente!!

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

O Outono chegou!

O outono, aquela estação do ano marcada por migrações de animais e pelo cair da folha de muitas árvores, onde os dias são iguais às noites e que sucede ao verão. Sucede ao verão? Mas este já começou??

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

O que eu ...

... quando passo dias a planear uma surpresa e depois as coisas não correm como eu tinha planeado!!!

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

A & S - Um efeito borboleta!

Foi no passado fim de semana que fomos partilhar e testemunhar o grande e lindo momento de felicidade de dois amigos. Prenuncio de coloridas borboletas, que foram temáticas na festa, foi um casamento muito alegre que mais parecia uma dessas histórias de contos de fada, onde os romances são perfeitos e recheados de muita felicidade. O dia esteve fantástico em todos os aspectos. Desde a cerimónia até à festa, passando pelo tema, o carro que os transportou, local do banquete, o bolo da noiva, a decoração da sala,... Até deu para ficar emocionada... Logo eu, que tenho uma certa... alergia... a casamentos.
O meu fatito, que já tinha feito um casamento há poucos meses atrás, fez-me o favor de não me servir... por ficar largo! Não cheguei a me decidir, se fiquei contente por ter que apertar as calças com pregadores, ou furiosa por não ter experimentado a roupa antes... Bem, mas o corpete lá tapava a cintura das calças, a a coisa até parece que passou desapercebida... Contrariamente aos sapatos (e estou cansada com usá-los) que resolveram apertar-me os meus ricos pezinhos! Bem, mas a festa estava perfeita demais para ser estragada por um pormenor destes, por isso... tira-se os sapatos e anda-se e dança-se descalça (para desespero da minha mãe!).
Chegados a casa, é hora de pôr a criança a dormir (ah, sim! ...porque quem sai aos seus não degenera e quando há festa, ainda por cima fabulosa, o pitukinho não se deixa dormir), arrumar a bagunça em que ficou o apartamento e recuperar forças para o dia seguinte... Nem o peso ou as dores nas pernas me fizeram ficar na cama. Afinal é dia de folga do G. e como tal tem que ser (bem) aproveitado.
E para a semana há mais casamento e baptizado!

sábado, 15 de setembro de 2007

IES: uma medida (pouco) simplex

Se o principal objectivo desta nova declaração era uma resposta mais eficaz e simples, esta está muito áquem. Verdade que é mais simplex para quem está do outro lado (leia-se DGCI, INE, CRC e BP), porque num único acto fica a papinha toda feita e prontinha a comer. Mas para quem está deste lado é uma maratona infindável, com o site das DE's em permanente actualização nos últimos dias de entrega e com erros informáticos a serem resolvidos em cima do prazo de entrega...
Enfim... simplex ou complex, eu quero mesmo é descontrair este fim de semana e aproveitá-lo ao máximo!
E as férias já vão espreitando...

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Desafio da Taça

Fui convidada para postar mais um desafio... desta vez consiste em deitar cá para fora o meu estado de espírito no momento...

Hoje sinto-me...
* cansada: esta tem sido uma semana extremamente stressante. Jantar em frente ao pc -o que estou a fazer agora- e chegar tarde a casa tem sido uma constante. Não tenho tempo para nada, o que já me causou dissabores...
* desiludida: percebi que afinal os protocolos têm que ser respeitados, sob pena de gerar mal-entendidos ...
* atrasada: quero enviar as últimas IES's hoje, porque não gosto de deixar as coisas para o último dia e já estou a ver que vou pernoitar aqui no escritório e o pitukinho em casa dos avós...
* triste: por não poder estar presente na festa de aniversário do meu compadre Renato, que completa hoje 34 verões...
Lanço o repto de fazer este desafio, mais uma vez, aos leitores deste blog e a todos que o queiram.

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Desafio do Eu (Me!)

Recebi este desafio por mail, vindo de três continentes. Resolvi postá-lo aqui.
Um desafio cujo objectivo é dar-nos a conhecer um pouco melhor aos outros. Depois devemos passá-lo aos nossos contactos.
Por isso o desafio fica lançado a quem lê este blog e a todos que o queiram fazer.

Um dia... o dia em que troquei quase 150 sms's com o G.!
Um momento... o momento em que soube que estava grávida!
Uma tristeza... a morte do meu Ruby...
Uma esperança... de ainda tirar o curso de direito...
Uma dúvida... será que o nosso toyota alguma vez volta a ser jipe...?
Uma certeza... o Amor que sinto pelo pitukinho e pelo G.
Um desejo... de ter uma casa onde o pitukinho possa correr e andar de bicicleta
Um segredo... se disser deixa de o ser...
Um mundo... o interior das minhas malas!
Uma alegria... o nascimento do meu pitukinho!
Uma saudade... enorme, das minhas primas que estão na Austrália...!
Um saber... que o saber não ocupa lugar!
Um medo... de osgas, lagartixas...mas sou incapaz de matar qualquer uma...!
Uma música... hate me de Blue October
Uma cor... preto
Uma bebida... amarguinha com gelo e limão
Um desporto... motorizado, de preferência todo-o-terreno
Uma comida... açorda (alentejana, marisco, bacalhau...)
Uma estação do ano... primavera
Um sabor... manga
Um cheiro... terra molhada
Um carro... de sonho? Hummer H2 Sut!... Mas também podia ser um mustang, seja ele shelby GT500 ou GT convertible de 98...
Uma flor... rosa, definitivamente!
Uma cidade... Tavira, Lagos ou Sevilha!