segunda-feira, 31 de março de 2008

Jantar aquecido sobre uma lamparina

Desde a inauguração da Novembro e da Prime Edition que a maralha queria ir experimentar o restaurante FONDUE em frente, onde se situava antigamente o marrakech.
Fomos ontem à noite de digo-vos... ADORÁMOS!!!
Excelente ambiente e decoração, excelente qualidade de serviço e apresentação de comida, excelentes fondues!
O menu incluí uma lista incrível e variada e fondues e os que experimentámos -tamboril com gambas, frango, vaca com gambas e chocolate com baileys- são deliciosos.
A acompanhar vem fruta, batatas, arroz e um leque variado de molhos.
Regámos o repasto com uma sangria de champagne, também ela divinal!
O preço incentivou a voltar. Menos de €25/pax.
Aconselho vivamente!!

segunda-feira, 24 de março de 2008

Ovos Quadrados!

Foi o que o coelho da Páscoa me reservou...

O castelo que conheci toda a minha vida ruíu. E novas paredes não conseguem ser erguidas nas ruinas deste castelo destruido...
Mas outro castelo se ergue ao lado. Sem ponte entre ambos. Tão perto um do outro, mas tão longe... Um passado e um presente. Sem elo de ligação.
De tanto tentar reconstruir o castelo em ruinas temo perder a noção do castelo que se ergue ao lado.
Mas um é passado e outro é presente! E futuro! Se o passado teima em não se relacionar com o presente, eu tenho mais é que me resignar e seguir em frente...
E claro, existem dois grandes amores da minha vida que todos os dias incutem um pouco de alegria na minha vida e me fazem sorrir, tornando este meu mundo um pouco melhor. Tornando este nosso novo castelo mais aprazível a cada dia que passa. Tornando o meu presente um pouco mais doce! Tornando os meus ovos da Páscoa um pouco mais redondos...!

quinta-feira, 13 de março de 2008

O fim de semana passado

foi cansativo...! Na sexta-feira à noite o pitukinho ficou com a avó porque eu tinha uma reunião com um cliente. Quando me despachei, já ele dormia, pelo que acabou por ficar a dormir toda a noite em casa da avó. Eu aproveitei e fui dar um beijo de parabéns à Maria. Esperei que o G. fechasse o bar para irmos juntos para casa, e sem pensar nem imaginar, vi-me a acabar (ou teria sido começar?) a noite na Praia da Rocha a ver uma "amostra" do concerto dos corvos e a beber um copo com o Paulo Gonzo como companhia! Foi sem dúvida a minha noite das mulheres. Boa companhia (eramos sete magníficos), bom ambiente, boa bebida, boa música, bom carro (estreámos os 7 assentos do outlander da Gaby e do Nelson). Sábado acabou sendo o dia dos meus homens. Fomos às compras para o bar e eu acabei o dia (e a noite!) a lavar, dobrar e pendurar roupa. Domingo o pitukinho completou ano e meio de vida e os padrinhos Valdemar e Inês quiseram passar o dia com o afilhado. Acabámos por ir almoçar (ou teria sido jantar?) ao restaurante "Azenha do Mar". Um porto esquecido, onde existem meia dúzia de casas, onde o tempo parece ter parado, mas onde se come fresquinhos percebes, magnificas ameijoas, deliciosas sapateiras e um bom arroz de marisco. Após faustosa refeição, encaminhámo-nos para sul à procura da Praia de Quarteira...
Preciso de outro fim-de-semana para descansar deste último...

sexta-feira, 7 de março de 2008

Hoje está de parabéns

a minha amiga Maria de Deus! Uma inconfundível, admirável e fantástica mulher!!!
As amendoeiras abrem em flor para celebrar mais um ano teu, amiga!
Um beijo grande e um dia muito feliz para ti... até logo :)

terça-feira, 4 de março de 2008

Na sombra das linhas inimigas!

Hoje fui ao meu médico de família. No meio de prescrições para a mamografia, para as ecografias e para as análises, ele olha para o meu boletim de saúde e constata que estou com mais 10 quilos do que estava antes de engravidar.
“A Marta está com 34 anos a caminho dos 35, não é?”
34? mas eu ainda nem me habituei aos 32 e já estou quase nos 35??... “Parece que sim dr.”
“Vamos ter que tirar estes quilinhos que estão aqui a mais. Olhe que quanto mais tempo deixa passar mais dificil se torna! E temos que preparar um bom terreno para a menina...!”
Menina? Já? Será que já sou considerada uma mãe "velha"? De facto 33 anos de diferença são muitos... e se quiser ter outro filho a diferença ainda será maior...
ConclusãoI: Tenho que emagrecer urgentemente porque isto vai de mal a pior... Malditos 10 quilos...! Maldita preguiça, maldita vida sedentária, maldita falta de tempo, maldita falta de vontade, maldita boca que só pensa e come coisas que não deve...
ConclusãoII: Ter um segundo filho não passa por uma questão de idade, mas sim de responsabilidade e disponibilidade. E sempre achei que 40 anos seria uma idade bonita para ter um segundo filho, mas as possibilidades de riscos aumentam bastante... para além do que quando eles tiverem idade de ter filhos eu terei muito perto dos 70 anos... Já nem devo conseguir ser uma avó "de jeito"...

segunda-feira, 3 de março de 2008

Eu tive um cão fantástico...!

Eu tive um cão fantástico,
que sempre me entendeu...
Eu tive um cão fantástico,
que foi meu fiel companheiro...
Eu tive um cão fantástico,
que sempre me ouviu atentamente...
Eu tive um cão fantástico,
que se tornou no meu melhor amigo...
Eu tive um cão fantástico,
que estava alegre quando eu também estava...
Eu tive um cão fantástico,
que estava triste quando eu também estava...
Eu tive um cão fantástico,
que sempre me retribuiu o carinho mais sincero...
Eu tive um cão fantástico,
inesquecível, que hoje corre por entre as nuvens...
Eu tive um cão fantástico,
que com o seu silêncio e o seu olhar me consolava...
Eu tive um cão fantástico,
que teria ontem completado 15 anos de uma vida vivida sempre a meu lado...

Eu tive um cão fantástico chamado Ruby que me deixou uma saudade que dói no coração!