quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Há dias...

em que me apetece gritar...
em que o desânimo toma conta de mim...
em que me a raiva parece que me domina...
em que me apetece fugir de tudo e não de todos mas de alguns...
em que a decepção parece formar uma redoma em torno do meu mundo...
em que quero culpar alguém pelas contrariedades que me surgem no caminho...

e hoje é um desses dias...

Mas prometi a mim mesma que em 2009 iria aplicar na prática a sabedoria que tanto apregoo (pensar positivo para atrair coisas boas), e como tal vou tentar acalmar-me e pensar positivamente, contrariando este instinto natural de reagir negativamente.
Afinal, pode-se sempre encontrar algo de positivo em situações negativas, certo?
(I'll keep looking...)

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Alma Gorda!

Longe vão os tempos em que cabia dentro de umas calças 36 (57 quilos distribuídos em 1,56 de altura)...
A dada altura começei a ficar com excesso de fofura, como diz a minha amiga Maria.
Hoje, 15 anos depois e 15 quilos a mais, constato que apesar dos números a mais, sou muito mais feliz!!
Claro que se emagrecesse 10 ou 12 quilos, estaria infinitamente mais feliz, mas a vida em geral é assim: estamos sempre a uns quilinhos da felicidade plena...!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Foi simplesmente...

maravilhoso!!
Depois da pneumonia e da tosse irritante, as bactérias e vírus foram completamente dizimados pelos ares gélidos de Londres. Sim, porque em Londres sente-se o frio Siberiano na rua e o calor Caribenho dentro de portas!
Quando lá chegámos, no dia 26, o João já estava à nossa espera no aeroporto e só lhe faltava mesmo a placa a dizer "tugas"! No caminho lá fomos pondo alguma conversa em dia e chegados a sua casa foi hora dos beijos e abraços com a Débora e o seu tintinho. Jantámos uma das comidas sublimes da Débora e ficámos por casa porque as saudades eram muitas.
No dia seguinte foi dia de conhecer Dartford. Achei linda e acolhedora!
Dia 28, fomos a Londres e tivémos direito a ceu azul e sol! Mas calor não. Também não se pode pedir tanto!! As ruas têm uma atmosfera própria... vibrante! Na ponte, a tirar fotos e a admirar o London Eye, ouvi o "din don" das 15h do Big Ben. Fiquei encantada com a magnifíca arquitetura mediaval da abadia e das casas do parlamento de Westminster! Em Trafalgar Square fomos surprendidos por uma parafernália tal de carros da polícia que ainda suposemos que tinham raptado a rainha...! Voltamos para o carro já a noite caía, e a imagem sobre o Tamisa nessa hora do dia/noite é de facto magnífica. Londres é de facto apaixonante!!!!
No dia seguinte fomos ao bluewater, que é o segundo maior shopping no Reino Unido e tem uma área de lazer espectacular. Lojas timberland e orange county choppers fizeram as nossas delicias!
Dia 30 fomos a Greenwitch. Visitámos o Observatório, confirmámos a hora GMT com o relógio e visualizámos (!) o meridinano que divide o ociente do oriente. Os jardins aparentam ser lindos e prometemos lá voltar em dias mais solarengos para os visitar e dar comidita aos esquilos. Neste dia, ou melhor, nesta noite, eu e a Débora fizemos uma night out e fomos aos saldos! Só as duas!!
No dia 31, visitámos o lakeside, o centro comercial rival do anterior. Gostei mais do anterior, embora as casas de banho deste centro sejam lindas! Claro que nesta noite tivémos direito a festança lá em casa, com a Débora a preparar-nos um verdadeiro manjar de Deuses (digo-te amiga que já comia outra vez daqueles camarões... molho divinal aquele que fizeste!!).
Dia 1, foi dia de Portugal! Fomos à zona Portuguesa de Londres, onde nos refastelámos com comidita e bebida cá da nossa!
Não sei se a comida estaria muito boa ou nem por isso, o certo é que eu e a Débora passámos o dia seguinte em casa mal dispostas. Os rapazes ainda saíram e foram aos saldos deles!
Dia 3 ainda fizémos uma investida final aos saldos e à noite fomos ao O2, que juro vale a pena visitar!
Dia 4, rumámos a casa!
Certo é que sinto saudades daqueles cafés, servidos em baldes...! E das coisas boas que comíamos ao pequeno Almoço!
A vocês Débora, João e Gabriel obrigada por nos terem recebido tão bem e nos terem proporcionado umas férias de facto magnificas!!
Agora esperamos nós por vós!