terça-feira, 14 de julho de 2009

Working less, Living more!

Quando se leva uma vida regrada por um trabalho que é um verdadeiro suplício mental, correndo atrás do tempo, com um stress excessivo, noites de pouco sono, falta de exercício, enfim, os factores de risco básicos associados a problemas no coração, a AVC’s e a outras doenças capazes de transformar a nossa vida por completo, qualquer susto aos 35 anos, apesar de aparentemente não deixar quaisquer sequelas, nos levam a (re)considerar os parâmetros pelos quais nos pautamos.
No decorrer desta semana dei por mim a ouvir palavras que diziam que o único tempo que temos garantido é o presente e não se sabe se o futuro nos irá dar oportunidade de dar valor a outros valores. Que, por vezes, a vida parece sem sentido justamente por que não a vivemos. Temos que encontrar forças para mudar isso enquanto ainda temos tempo.
Realmente, ao invés de viver, eu trabalho. Ao invés de me divertir e de verdadeiramente estar com a minha família, levo o tempo a pensar no que está por fazer e acabo gastando o meu tempo, a minha energia e principalmente a minha paciência resolvendo problemas que não vão acrescentar em nada a minha vida.
É óbvio que todos precisamos de trabalhar, mas há uma grande diferença entre trabalhar para viver e viver para trabalhar!
Para já, acho que a única saída para isto é trocar o meu paradigma: "viver mais em menos tempo" por "trabalhar menos e viver mais".
Eu, estou a tentar! Antes que seja tarde demais...!

3 comentários:

Débora Nóbrega disse...

Acho muito bem minha querida!
Que passes a ter tempo para ti e para os teus...
Viver do trabalho nao da!
E tu ja viste muito bem que nao.Por isso podes aproveitar e vir passear a minha casa de vez em quando, que tal?
Beijinhos grandes a voces com muitas saudades vossas.

Mamã artesã disse...

Este teu post podia muito bem ter sido escrito por mim.
Por vezes também penso que gasto demasiado tempo a trabalhar e muito pouco com a família (apesar de dedicar imenso tempo ao piolhito, durante a semana).
Mas, o pior, é que cheguei a ponto que não consigo mesmo abrandar e, quando chega ao fim de semana, é sempre até de madrugada, chegando ao ponto de me ddeitar quase quando já me devia estar a levantar.
Pode ser que, com as férias, dê para abrandar este ritmo alucinante em que ando.
Beijocas
Sofia

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,