terça-feira, 10 de agosto de 2010

Inquilino Indesejado!

Uma sensação de peso e de pressão na barriga levou-me ontem ao hospital.
Confesso que estes sintomas, aliados ao meu aumento de volume abdominal nestes últimos 3 meses, levaram-me a considerar o facto de poder estar grávida.
A palpação nada revelou, bem como as análises ao sangue e urina e ainda os raio-X.
Mas a ecografia detectou, não uma gravidez, mas um quisto de 4cm no ovário esquerdo.
Devo dizer que fui muito bem atendida no hospital de Faro. Apesar das urgências estarem caóticas (como é normal, principalmente nesta altura do ano) a atenção e a paciência que o Dr. Fernando Tejada demonstrou tornou a notícia mais fácil para mim. O Dr. João Pisco, médico radiologista que me fez as ecografias ainda na urgência e antes de me transferirem para a obstetrícia, estava de menos bom humor e ainda me deu um raspanete quando, após ele chamar uma colega para olhar para o monitor, lhe perguntei se tinha detectado alguma coisa. Claro que lhe pedi desculpa, aleguei estado de ansiedade e remeti-me ao silêncio. Mas depois até se apurou, acabou por revelar-me que tinha detectado um quisto e até me fez novas ecografias para não restarem dúvidas ao médico de medicina geral.
Quando subi à obstetrícia, fui atendida pelo Dr. Carlos Gago, que foi quem me tratou aquando do cancro do colo do útero em 2007 e 2008.
Foi-me efectuada uma 3ª ecografia e lá veio o veredicto: faca!
Se for benigno, a cirurgia será apenas para remover o ovário esquerdo. Se for maligno serão removidos ambos os ovários, o útero e as trompas de falópio.
Antes de me dar alta, o Dr. receitou-me nimesulida para combater a sensação de desconforto e de dor.
-" Mas eu não tenho dor Dr."
-" Mas vai ter! Vai ter!!"

Agora constato que aquela dor abdominal que eu sentia por altura da menstruação já seria sintoma disto. E que afinal o meu aumento de volume e de peso não se deve só às patuscadas e jantaradas.
Fico a aguardar que me chamem para fazer a biópsia e já só peço para que seja rápido antes que haja tempo deste inquilino se disseminar para o ovário direito ou para outros órgãos...

5 comentários:

Paula, Tomás e Salvador disse...

Claro que vai ser rápido! Óbvio que não se vai disseminar para lado nenhum! E tudo passar num instante!

Doces e Salgados disse...

claro que vai correr tudo bem e em menos de nada já nem te lembras deste episódio menos bom... bjs

Deboraah13 disse...

So pode correr....e sei que vai correr tudo muito bem...
Estamos todos a torcer por isso!
Beijocas querida***

Mama Babada disse...

Mais uma prova de fogo!
Mas tu és forte e tdo vai correr da melhor forma ok????
Sorriso e optimismo!
Beijokas
Nídia e Eva

Rita disse...

Mas há dúvidas de que vai correr tudo bem? Não há. Nem pode haver. Pensamento positivo e cabeça erguida e tudo vai passar num instante.. E quando se fôr o quisto, vais rir-te disto! (até rimou!) tudo vai correr bem.. Tem fé! ;-) beijo grande.